Tratamento de ATM

A DTM ocorre comumente em mulheres entre 20 e 40 anos

 

A ATM (articulação temporomandibular) liga a mandíbula ao crânio, além de ser responsável por todos os movimentos dos maxilares e da boca, como mastigação, deglutição e fala. Quando algo não vai bem, como dentes tortos, por exemplo, essa articulação pode ser sobrecarregada e desencadear a DTM (disfunção temporomandibular).

A causa de distúrbios da articulação temporomandibular é desconhecida em muitos casos. Trauma na mandíbula ou conjunta pode desempenhar um papel no desenvolvimento de distúrbios da ATM. Além disso, existem outras condições de saúde que podem contribuir para o desenvolvimento destas patologias.

A DTM ocorre mais comumente em mulheres entre 20 e 40 anos, mas pode ocorrer com qualquer pessoa. Outros fatores estão associados com o desenvolvimento de distúrbios da ATM. No entanto, não há provas de que esse fatores causem os transtornos. Eles incluem:

  • Uso prolongado de aparelhos ortodônticos
  • Má postura, que afeta os músculos do pescoço e rosto
  • Estresse
  • Má alimentação
  • Falta de sono.

Pessoas com disfunções temporomandibulares podem sentir uma forte dor e desconforto, que pode ser temporária ou durar muitos anos. A dor e sensibilidade ocorrem mais comumente nesses lugares:

  • Rosto
  • Área correspondente à articulação temporomandibular
  • Pescoço
  • Ombros
  • Ao redor da orelha durante a mastigação, ao falar ou abrir a boca.

Os sintomas comuns de disfunções temporomandibulares são:

 
  • Dores na face e nos maxilares
  • Dificuldade para mastigar ou falar
  • Ruídos ou estalos ao abrir e fechar a boca
  • Travamento da abertura da boca
  • Pressão atrás dos olhos
  • Dor ou zumbido nos ouvidos
  • Dor de cabeça
  • Inchaço na lateral do rosto
  • Problemas para dormir
  • Dor constante com períodos de piora no decorrer do dia
//]]>